Facebook

Sua empresa tem uma boa Margem de Contribuição?

Conforme pesquisa divulgada pelo SEBRAE, pequenas empresas fecham suas portas ANTES DE UM ANO de funcionamento.

POR QUE ISSO ESTÁ ACONTECENDO?


Muitas pessoas economizam por anos e com esse dinheiro abrem um negócio, mas infelizmente, por falta de uma boa gestão, muitas acabam fechando.
 
Ainda segundo levantamento do SEBRAE, 7% dessas empresas fecham por falta de lucro, 20% encerram as atividades por falta de capital e aproximadamente 50% dos empresários não sabem se sua empresa dá lucro ou prejuízo.

Vamos a um breve teste! Pergunte a si mesmo:
  1. Você saberia responder qual sua margem de lucro sobre seus produtos ou serviços?
  2. Você sabe se sua empresa está calculando corretamente os lucros recebidos?
  3. Ou tem noção do quanto pode perder ao calcular de modo errado?
Vamos ajudar você a responder essas questões.
 
Ser empresário atualmente não é uma tarefa fácil, mas com alguns cuidados você poderá se manter no mercado com um negócio rentável.

Garantir que a empresa tenha lucro deve ser um dos objetivos principais, porém, para calculá-lo é importante que você saiba quais os custos dos seus produtos ou serviços oferecidos, suas despesas fixas e variáveis, e então calcular um preço.
 
O QUE É MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO?


Para explicar este conceito de um modo mais ilustrado, imagine, por exemplo, uma marmoraria. Ao vender uma pedra, cortada, e acabada ao cliente final, ela precisa agregar itens essenciais no valor dessa pedra acabada, como:

  •  Custo da matéria-prima (pedra bruta);
  •  Desgaste dos materiais usados para aprimorar a pedra (produtos químicos, serras, navalhas, brocas, polidores etc.);
  •  Mão de obra e tempo envolvido na preparação da pedra;
  •  Bem como custos administrativos para se manter a empresa como: aluguel, salários, materiais de expediente e consumo interno, impostos administrativos, consumo de energia e água, transporte do produto, dentre outros custos que você possa ter para manter sua empresa aberta.

Todos esses quesitos precisam estar dentro do valor de um produto, lembrando que é sempre necessário realizar pesquisa de mercado para que o valor do seu produto não seja muito inferior ou superior de modo que você perca a competitividade.
 
Criamos esta planilha para ajudar você a calcular sua margem de contribuição:


DIFERENÇA ENTRE MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO E LUCRO

São dois termos parecidos, mas que são coisas diferentes e acabam confundindo muitos empresários. Entenda melhor:
 
Margem de contribuição: É a receita bruta menos os custos de produção e despesas relacionadas às operações individuais de venda. Exemplo: a margem de contribuição está em cada produto vendido, subtraindo os custos de produção e despesas desse produto específico.


MAS AFINAL O QUE É O LUCRO E COMO ANALISAR SE ELE ESTÁ SENDO CALCULADO CORRETAMENTE?

Lucro: é o valor total que você recebe pelas suas vendas, subtraindo os custos de produção e as despesas. Exemplo: você possui cinco produtos, o lucro é gerado em cima da margem de contribuição de cada um, conforme exemplo acima, subtraindo as despesas administrativas, operacionais, comerciais e financeiras.


OS PILARES DA MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO

    

A margem de contribuição é composta por custos, preço de venda e lucro. Confira um pouco de cada termo e aprenda a diferenciá-los:
 
  • Custos/ Despesas: este são os valores aplicados aos produtos ou nos serviços oferecidos. É no custo que está incluído os impostos, serviços de entrega ou deslocamento, as despesas variáveis (comissões, matérias-primas, água, energia) e as despesas fixas (salários, limpeza, aluguéis de equipamentos). Ter o controle das despesas variáveis e fixas vai dar a sua empresa mais segurança quanto às finanças, confira o artigo “Pare de calcular seus custos de modo errado” e saiba mais.

  • Preço de venda: é através deste processo que a empresa obterá sucesso ou prejuízo, por isso, é preciso de bastante atenção ao compor o preço de venda. Estabeleça um preço competitivo, baseado nos custos de compra ou produção de materiais, realize uma análise de mercado e descubra se o valor definido é o que os consumidores estão acostumados e/ou dispostos a pagar.

  • Lucro: é o percentual que sua empresa receberá em cima da venda total dos produtos com o objetivo de investir no crescimento da empresa.
 
VOCÊ SABE CALCULAR A MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO DA SUA EMPRESA?

Ainda ficou com dúvida de como calcular a margem de contribuição? Para lhe ajudar preparamos uma planilha para facilitar o cálculo da margem de contribuição no seu negócio, é só clicar e fazer o download gratuitamente.


BENEFÍCIOS DE CONTROLAR OS LUCROS NO SEU NEGÓCIO
 

Gestão equilibrada
Ao controlar os lucros você consegue manter seu negócio funcionando com as contas em dia, além de, agilizar a tomada de decisão. Com a gestão equilibrada você poderá projetar novos investimentos de forma estruturada, como o aumento da linha de produtos ou o crescimento do número de funcionários.
 
Controle de gastos
Você conseguirá identificar se está gastando mais que o necessário nas etapas de produção e vendas, podendo inclusive realizar novas cotações de fornecedores a fim de reajustar o preço de matérias-primas e do valor do frete por exemplo ou até mesmo negociar prazos diferenciados que sejam bons para o seu negócio.
 
Capital de giro disponível
Manter um capital de giro é fundamental para desempenhar os processos diários do seu negócio bem como suprir atos imprevisíveis que possam aparecer, como por exemplo: aumento das vendas de forma inesperada.
 
UM SISTEMA PODE AJUDAR SUA EMPRESA A LUCRAR
 

Com um Sistema de Gestão Online, você conseguirá realizar um Controle Financeiro Online (entradas e saídas de dinheiro) de forma muito mais fácil, automática, e ainda pode visualizar sua projeção de gastos para o mês seguinte de um jeito muito mais profissional e seguro.
 
Além do mais, você realizará análises de forma fácil, rápida e sem erros. Um sistema de gestão online permite que você transforme dados em informações gerenciais importantes identificando a atual situação da empresa no mercado.
 
A partir das análises gerenciais você consegue obter indicadores e valores através de gráficos e relatórios como:
                                                                           
  • Fluxo de caixa previsto;                                                         
  • DRE;                                                                                               
  • Margem de contribuição;                                                     
  • Valor Financeiro;                                                                             
  • Valor de Faturamento;                                                                     
  • Mapa de venda;                                                                              
  • Previsões de compra.    
 
Utilizar um ERP na hora para controlar todas as atividades é ideal para gerenciar o seu negócio de forma eficaz e otimizar o tempo. E com isso melhorar a produtividade de todos os funcionários evitando retrabalho de alguns processos.


02 de Outubro de 2018

Tags:

finanças lucro margem de lucro margem de contribuição marmoraria