Facebook

Custos de serviços: como formar um preço de venda com mais eficácia?

Como o orçamento é um processo que envolve uma série de cálculos e informações, a sua elaboração acaba que exigindo uma atenção redobrada das empresas.
 
E uma forma de auxiliar os profissionais nesse procedimento é realizando a composição correta de custos de serviços. 


 
Não sabe como emitir gerenciar os custos e nem elaborar ordens de serviços corretamente? Veja, neste post, o que é a composição de custos, porque é importante e quais são as etapas que a empresa deve seguir para formular um preço de venda com mais eficácia. Confira!

Composição de custos de serviços: o que é e por que é importante?


A composição de custos de serviços é um método utilizado na elaboração de orçamentos de obras e serviços. Em geral, são os índices de produtividade e o consumo de materiais necessários para a execução de uma determinada tarefa.
 
A composição de custos oferece muitos benefícios para um orçamento. Garante aos profissionais maior agilidade na realização dos cálculos, auxilia na redução dos custos e no direcionamento das equipes, e contribui para a estimativa de materiais e equipamentos.
 
Também ajuda na elaboração das ordens de serviços e na avaliação precisa dos prazos.
 
Ou seja, por meio da composição de custos a empresa consegue antecipar todas as suas necessidades e a partir daí prever os investimentos certos para cada serviço.
 
Durante a elaboração do cálculo, o indicado é que os gestores utilizem as próprias informações da empresa como base. Isto é, que apurem os índices de produtividade dos funcionários e avaliem o consumo de materiais para que tenham o seu próprio banco de dados.
 
Como compor os custos de serviços? Um passo a passo com 7 etapas que você precisa seguir

 
Antes de realizar a composição de custos é importante que a empresa conheça o serviço. Em outras palavras, que identifique as etapas do projeto e que saiba realmente como funciona a sua execução. O interessante aqui é oferecer uma descrição detalhada para reunir o máximo de informações sobre os métodos e processos.
 
# Depois é importante que os profissionais de gestão identifiquem todos os insumos necessários para a realização dos serviços. Ou seja, que especifiquem o tipo de mão de obra, os materiais e também os equipamentos utilizados.
 
# Assim que forem identificados todos os insumos, está na hora dele levantar os custos desses materiais. Aqui os profissionais de gestão devem avaliar os valores relacionados a remuneração da atividade, os encargos referentes à mão de obra e a compra das matérias-primas.
 
# A etapa seguinte é a realização do cálculo de consumo dos elementos. O gestor pode fazer isso ao acompanhar a equipe na execução das tarefas. Por exemplo, marcar quantas horas foram necessárias para realizar um determinado serviço ou mensurar a quantidade de materiais gastos para produção.
 
# Após juntar todas as informações acima é hora do profissional encontrar os Índices de consumo dos materiais. De que forma? Calculando a quantidade de insumos utilizados para a execução do serviço.
 
# Finalize o preço unitário dessa atividade. Ele deve multiplicar a quantidade de produtos elaborados pelo seu custo unitário. Se o objetivo é encontrar o custo total de um serviço, é necessário então somar o custo total de cada insumo.
 
# Todos esses processos estão presentes no seu dia a dia, talvez não exatamente nessa ordem. A questão é estar atento para que tudo seja executado e devidamente gerenciado. Para isso, é essencial ter uma ferramenta de gestão que automatize desde a venda do serviço, bem como a formação de preço, relacionamento com cliente, gestão de contratos, faturamento dos serviços e fechamento de projeto. Recomendamos que você experimente o iZY, a ferramenta de gestão de serviços mais completa que você já viu.
 
Embora a manutenção, depreciação das máquinas, mão de obra terceirizada e outros custos indiretos não entrem na composição unitária de um serviço é importante que os gestores considerem os valores para o fechamento dos custos totais. 
 
Da mesma forma, devem avaliar e também considerar o acréscimo do lucro pretendido pela empresa. 
 
Gostou do tema? Se você ainda não sabe compor custos de serviços e nem como elaborar ordens de serviços corretamente, baixe agora mesmo esse e-Book. É rápido, não têm custo algum e o material ajudará você a projetar e gerenciar os serviços de forma mais eficiente!



13 de Agosto de 2019

Tags:

Orçamento por Telefone

Solicite nosso contato preenchendo o formulário abaixo:

Solicite uma demonstração

Solicite nosso contato preenchendo o formulário abaixo: